Intervalos é uma série advinda de uma pesquisa que vem sendo desenvolvida desde 2012 e que apresenta trabalhos caracterizados por longos períodos de tempo de captação em foto e vídeo. 

 

Através de modificações nas paisagens visuais e sonoras a série aborda a desconfiguração da noção tradicional e linear de tempo por meio de narrativas fragmentadas e incomuns. Aqui dia e noite se misturam e não se sabe ao certo diferenciar o entardecer do amanhecer, num paralelo com o que ocorre conosco nos dias de hoje, quando somos solicitados a experimentar diversos tempos simultaneamente sem estarmos preparados para lidar com essa subversão das noções clássicas de temporalidade.   

Este trabalho também trata da ideia da distensão e diluição de fronteiras. Não só as fronteiras do tempo mas também as dos meios e linguagens audiovisuais, dado o caráter híbrido dos trabalhos em vídeo, que misturam imagens estáticas e em movimento. 

 

Intervalos se apresenta numa época onde as realidades, ou verdades, são cada vez mais difíceis de serem definidas, afetando nossos modos de observação e contemplação e nos embaralhando a vista. Ou as vistas. 

> INTERVALO #2 | vídeo

:: Intervalo #2, 2017 - vídeo HD (16:9) com 10”28’ de duração exibido em looping em projetor ou TV tela plana de 30 pol. ou mais.

> INTERVALO #2 | fotografias

> INTERVALO #1 | vídeo

:: Intervalo #1, 2017 - vídeo HD (16:9) com 12”06’ de duração exibido em looping em projetor ou TV tela plana de alta polegada.

> INTERVALO #1 | fotografias