Tempo, Tempo, Tempo | Time, Time, Time
2016 - em andamento | 2016 - ongoing

ajuruteua_21.07_jpaccacio.jpg
rota23_30.10_jpaccacio.jpg
mar_21.07_jpaccacio.jpg
valedamorte_30.10_jpaccacio.jpg
ajuruteua_20.07_jpaccacio.jpg
santiago_01.11_jpaccacio.jpg
licancabur_27.10_jpaccacio.jpg

Jp Accacio | obras da série "Tempo, Tempo, Tempo", 2016 - em andamento

Impressão fotográfica, 60 X 90 cm (dimensões sugeridas)

Jp Accacio | works from "Time, Time, Time" series, 2016 - ongoing

Photographic print, 60 X 90 cm (suggested dimensions)

//

Tempo, Tempo, Tempo é uma série advinda de uma pesquisa que vem sendo desenvolvida desde 2012 e que se baseia em estudos imagético-temporais dentro do campo fotográfico e audiovisual. Nestes trabalhos são exploradas as múltiplas variações visuais que ocorrrem em determinadas cenas, registradas por um período prolongado, sob o mesmo ponto de vista.

A série aborda a desconfiguração da noção tradicional e linear de tempo por meio de narrativas fragmentadas e incomuns. Aqui dia e noite se misturam e não se sabe ao certo diferenciar o entardecer do amanhecer, num paralelo com o que ocorre conosco nos dias de hoje, quando somos solicitados a experimentar diversos tempos simultaneamente sem estarmos preparados para lidar com essa subversão das noções clássicas de temporalidade.

Este trabalho também trata da ideia da distensão e diluição de fronteiras. Não só as fronteiras do tempo mas também as dos meios e linguagens audiovisuais, visto que as fotografias finais são formadas por montagens que compreendem mais de uma imagem registradas em momentos distintos. O resultado de cada trabalho são fotografias que contém uma narrativa temporal próxima aos meios que se utilizam da imagem em movimento, como o video ou o cinema. Desta forma, a série também aborda e discute questões seminais relacionadas à linguagem fotográfica, como o “instante decisivo” ou o “tempo congelado”.

Já nos vídeos são utilizadas também fotografias, que em conjunto com as imagens em movimento criam narrativas enigmáticas, onde os meios se borram e embaralham a todo instante. As camadas sonoras também são trabalhadas de forma a enfatizar a não-linearidade presente nos trabalhos.

//

Time, Time, Time is a series originated from a research that has been going on since 2012, and which is based on visual studies of time within the photographic and audiovisual fields. In these works, the multiple variations that occur in certain scenes, recorded for an extended period, from the same point of view are explored.

The series adresses the reconfiguring of the traditional and linear notion of time, through fragmented and unusual narratives. Day and night blend and one cannot certainly distinguish dusk from dawn, as a parallel of what happens to us nowadays, when we are asked to experience diverse times simultaneously without being ready to deal with this subversion of classical notions of temporality.

This work also deals with the idea of frontiers stretching and dilution. Not only concerning time but audiovisual media languages borders as well, since the final photographs are composed by assemblies that comprise more than one image recorded at different times. The result of each work are photographs that embodies a temporal narrative close to the medias that use the moving images, such as video or cinema. In this way, the series also addresses and discusses seminal issues related to the photographic language, such as the “decisive moment” or the “frozen time”.

 

In the videos photographs are also used, which together with the moving images create enigmatic narratives, where the media are blurred and shuffled at all times. The sound layers are also worked in order to emphasize the non-linearity present in the works.